Home / Novidades / Net Line / RECEPTOR NET LINE X-45 PVR USB 2V

RECEPTOR NET LINE X-45 PVR USB 2V

RECEPTOR NET LINE X-45 PVR USB

A TV e suas programações têm evoluído dia após dia desde o seu surgimento. Assistir TV tornou-se também uma das formas mais simples de reunir a família e os amigos em casa.
Hoje em dia existe uma variedade muito grande de canais no mundo todo, porém, nem sempre o sinal de satélite alcança todos os lugares, isso ocorre por conta do sinal nesse lugar ser muito baixo, para resolver essa questão surgiram os Receptores.

COMPRE JÁ CLIQUE AQUI

Os receptores são aparelhos com a capacidade de receber o sinal e levar para a TV uma variedade de canais com conteúdos variados, desde filmes, seriados, jornalismo, canais esportivos e uma gama considerável de programação para o público infantil. Disponibiliza uma vasta programação, tem para todos os gostos, estilos e interesses.
Expanda as opções de programação da sua TV, escolha e instale o seu Receptor e através do sistema FTA receba a transmissão dos seus canais favoritos, você nem vai notar as horas passarem!
Além disso a qualidade do sinal melhora muito, acabando com as más transmissões das antenas convencionais.

*Não trava, legendas 100%, super rápido
*O menor do mercado, veja as fotos!
*Com saídas av, usb.
*Possui controle remoto
*Aparelho atualizado

DETALHES DO PRODUTO:

-Mp3 Player – Jpeg Viewer – USB Recording-> Grava programação em Pendrive.
– Totalmente Compatível com MPEG 2 / DVB, QAM 16/64/128/256 recepção de 50Mhz até 750Mhz.
– Memória para 1000 canais.
– Grupos de canais favoritos para Áudio / Vídeo.
– Menu Multi Idioma (inclusive português)
– Função de organizar Canais (Codificados, TP ou Nome).
– Busca NIT SCAN, Freqüência Simbol Rate e QAM Size.
– Função de busca manual .
– Temporizador para Apagar / Ligar / Gravação VCR e mudança de Canal.
– Suporta Áudio AC-3.
– Função Picture-In- Graphics.
– Função Multi-Picture (Mosaico de 4, 9 o 16 imagens).
– Zoom In/Out.
– Guia de Programas Eletrônica (EPG).
– Editor de Canais e Carregador de Firmware para edição/ carregar.
– Teletexto suportado por OSD e VBI.
– Saída de Áudio Esquerda e Direita.
– Entrada USB (para Pen Drive)
-Conectividade:
– Saída de áudio Esquerda e Direita
– USB 2.0

Saiba mais!

Formatos de imagem, fique por dentro!

Formato PNG

O formato PNG, sigla para Portable Network Graphics, é um dos padrões mais recentes, com a sua primeira especificação tendo surgido em 1996. Seu desenvolvimento foi motivado, em parte, pela restrição de patente existente no formato GIF, conforme explica o tópico anterior.

O PNG reúne, portanto, as características que tornaram o GIF tão bem aceito: animação, fundo transparente e compressão sem perda de qualidade, mesmo com salvamentos constantes do arquivo. Porém, conta com um grande diferencial: suporta milhões de cores, não apenas 256, sendo, com isso, uma ótima opção para fotos.

No aspecto da animação, o PNG, por si só, não possui tal capacidade. O que acontece é que há uma variação chamada APNG (Animated Portable Network Graphics) que possibilita esta característica. O esquema é o mesmo do padrão GIF: uma sequência de imagens inseridas em um único arquivo. No caso, a primeira imagem é um arquivo PNG “normal”, que é exibido em situações onde, por algum motivo, a animação não pode ser executada. Há também uma variação chamada MNG (Multiple-image Network Graphics) que possui a mesma finalidade.

Imagens no formato PNG possuem extensão .png, mesmo nas variações de animação, embora, neste último caso, possa ser utilizado também nomes com .mng e .apng.

O PNG é um formato livre, criado desde o início para ser utilizado em qualquer aplicação sem necessidade de pagamentos de licenças ou afins. Sua utilização é apoiada pela W3C.

Formato RAW

O formato RAW (traduzindo, algo como “cru”) é um pouco diferente dos demais. Trata-se de um padrão que guarda todos os dados de uma foto, tal como esta foi gerada na câmera digital, sem aplicação de efeitos ou ajustes. Por causa disso, oferece alta qualidade de imagem e maior profundidade de cores. É claro que quando uma foto RAW é comprimida pode haver perda de qualidade, mesmo que ligeira. Apesar disso, esta opção muitas vezes é considerada, já que imagens neste padrão costumam resultar em arquivos realmente grandes.

Boa parte das câmeras permite ao usuário escolher o formato das fotografias, sendo o RAW uma opção. E por qual motivo escolhê-lo? Como os arquivos neste padrão são “puros”, o editor tem a liberdade de utilizar a imagem do jeito como foi capturada e aplicar seus próprios efeitos ou ajustes. O resultado final pode ser uma foto belíssima, mesmo quando esta for, posteriormente, convertida para um formato mais “usável”, como JPEG ou PNG. Isso faz com que o RAW seja apelidado de “negativo das câmeras digitais”, embora não se trate necessariamente disso.

Arquivos no formato RAW admitem várias extensões. Isso porque cada fabricante de câmera digital trabalha com as suas próprias especificações.

Check Also

Por que o HTV BOX 5 é mais caro que uma TV BOX comum?

HTV BOX 5 Por que o HTV BOX 5 é cinco vezes mais caro que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *